Blog

Enurese noturna: tratamento pode ser medicamentoso ou comportamental

Enurese noturna: tratamento pode ser medicamentoso ou comportamental

Hoje quero conversar com vocês sobre a enurese noturna. De forma leiga, a enurese noturna é a perda de urina durante a noite, geralmente em crianças.

Durante os primeiros anos da infância, a criança tem o amadurecimento do eixo neurológico e ela deixa de fazer xixi na cama, falando popularmente, até os cinco anos de idade. Geralmente antes, com 2, 3 anos, a criança já tem esse controle. Mas, há uma tolerância de até os 5 anos de idade.

Identificando o problema

Quando a criança passa dos 5 anos, mas ainda não conseguiu esse controle da micção, isso pode ser um alerta para a existência de alguma patologia e precisa ser avaliado.

Existe alguns exames complementares que precisam ser feitos para individualizar o problema daquele paciente e o tratamento habitualmente é medicamentoso.

São dois aspectos para se abordar o problema: mudança comportamental mais remédio. A terapia comportamental é baseada na reafirmação da segurança, no apoio emocional, na diminuição da culpa e no encorajamento para ajudar a criança a evitar essa perda de urina.